Notícias

Tarifa do GNV tem queda de 20% em Pernambuco

A tarifa do GNV comercializado pela Companhia Pernambucana de Gás – Copergás  para os postos do Estado ficará 20% mais barata, a partir de 1º de maio. A redução beneficia diretamente os 91,8 mil motoristas de Pernambuco que têm veículos convertidos para o combustível – a grande maioria deles taxistas e profissionais de aplicativos, que usam o carro como fonte de renda. A queda média do preço do gás natural, para todos os segmentos (como o industrial, comercial e residencial), será de 19,4%.

A alteração nas tarifas em Pernambuco ocorre trimestralmente, em fevereiro, maio, agosto e novembro, sempre no dia 1º do mês. A redução nos valores das tarifas, agora em maio, torna-se mais relevante quando se observa que é a segunda consecutiva no ano. Em 1º de fevereiro passado, o preço do GNV no Estado caiu 14,8%, e o gás natural (em média, no conjunto dos segmentos), 14,4%.  A distribuição do produto é feita pela Copergás,  vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco.

Supridoras

O valor das tarifas reflete a variação do dólar e do barril de petróleo, e é proveniente do preço médio ponderado do gás natural comercializado pelas empresas supridoras da Copergás. Com diversidade de supridores, a Companhia não fica submetida aos valores de uma só, ganhando mais flexibilidade na definição dos preços.

O secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Guilherme Cavalcanti, destacou o impacto que a queda nas tarifas terá para as diversas atividades que consomem o gás natural. “Em um cenário onde há elevação de preços em diversos setores, uma redução dessa dimensão, de 20%, tem um forte impacto positivo”, afirmou ele. “Reduz custos de produção, fortalece a competitividade e contribui para gerar renda. Tudo isso na trilha de uma economia de baixo carbono, que é característica do gás natural”, concluiu Guilherme.

Competitividade

O presidente da Copergás, André Campos, ressaltou a oportunidade de os pernambucanos terem um gás natural mais barato. “Em qualquer circunstância, o GNV já é mais vantajoso em comparação com os outros combustíveis. É mais econômico, é seguro e menos poluente. Com uma redução de 20%, suas vantagens ficam ainda maiores”, disse André. “E o benefício será geral, porque a diminuição da tarifa será praticamente a mesma nos outros segmentos. A indústria de Pernambuco e o comércio de Pernambuco têm à disposição uma fonte de energia fundamental para a competitividade de suas atividades”, completou.

A Copergás possui, hoje, cerca de 76 mil clientes, da capital ao Sertão, incluindo residências, indústrias, comércio e postos com GNV.

 

 

Pular para o conteúdo