Notícias

Rede de gás chega a Polo Médico

     Nos próximos 60 dias, o Polo Médico do Recife, na Ilha do Leite, poderá utilizar o gás natural encanado após a conclusão das obras de instalação da rede da Copergás, iniciadas na última segunda-feira. Ao todo serão quase três quilômetros de gasodutos, que abrangerão 14 vias do bairro. O serviço vai envolver 70 profissionais e está orçado em R$ 2 milhões.
     “Os investimentos são destinados à implantação da rede como um todo. Com a execução, a localidade terá condições de ser atendida com pelo menos 50 mil metros cúbicos ao dia, que é o potencial do polo médico”, informou o diretor Técnico Comercial da Copergás, Jaílson Galvão.
     O abastecimento de gás natural chegará não só aos empreendimentos médicos, como aos centros empresariais, comércios e residências. “Está é a segunda fase da estratégia de ampliação da nossa rede na Capital, adensando o abastecimento para melhor ofertar o serviço de gás natural aos nossos potenciais clientes”, comentou Galvão.
     Segundo ele, as linhas de tubulações da Ilha do Leite e de Boa Viagem são independentes, mas tendem a se interligar. “A rede que abastecerá o Polo é a mesma que vem da avenida Abdias de Carvalho. E nós estamos indo com a tubulação em direção da região do Pina. Então, há uma tendência de que haja uma interligação do sistema, que será melhor do ponto de vista operacional para o suprimento do gás”, esclareceu o diretor.
     Em Pernambuco, o Real Hospital Português é um dos que já utiliza o gás natural com um consumo médio de 923 metros cúbicos/dia.  No Estado, a fonte energética é utilizada para uso industrial, veicular, comercial e residencial. O consumo médio de gás natural fica em torno de um milhão de metros cúbicos/dia. (Carol Pacobahyba)
Fonte: Folha de Pernambuco / Ecnomia / 18-05-2011